Jump to content

[Perfil] STB-1 - O Ninja de Aço


O SBT-1 é o protótipo do tanque de batalha Type 74, projectado e testado no Japão em 1969. Para o seu tempo, este tanque era uma veículo tecnologicamente muito avançado. O STB-1 foi introduzido no War Thunder com o update 1.65 “Way of the Samurai”.


O SBT-1 é o protótipo do tanque de batalha Type 74, projectado e testado no Japão em 1969. Para os anos 60, o STB-1 era um veículo extremamente avançado, e a razão para isso era a diversidade das mais recentes soluções tecnológicas usadas na sua criação. O plano para a construção deste novo tanque fundamental foi finalmente confirmado em 1964, quando se tornou claro para todos os especialistas japoneses de que o Type 61 não podia ser modernizado o suficiente para preencher todos os novos requerimentos. Esses requerimentos eram bastante sérios: um veículo teria que ser criado para enfrentar frente a frente o recente T-62 soviético. Para atingir a máxima universalidade neste futuro tanque, os designers decidiram pedir emprestado as mais avançadas soluções técnicas aos projetos de veículos similares destacados naquela altura pelos países da NATO. Ao mesmo tempo, o Japão começou a desenvolver independentemente algumas das inovações planeadas e bem à frente no tempo, como por exemplo, a suspensão hidráulica que tinha sido apresentada ainda no início dos projetos em 1961, imediatamente a seguir ao Type 61 ter sido destacado. Em concordância com a ideia base, este novo tanque era destinado a tornar-se um veículo rápido com bom desempenho no terreno, armamento poderoso e com um canhão de rápido recarregamento.


stb1_04_450_0c758f403d8136172e05e506ed7c stb1_05_450_28b7aef68b0bee118257e4f03da9

Em junho de 1969, depois de inúmeros testes e ensaios, o STB-1 tomou vida em metal. O tanque tinha uma disposição clássica com o motor e transmissão arrumados na traseira. O chassi soldado do tanque recebeu armadura resistente a canhão apenas na frente. No entanto, a torre moldada do STB-1 tinha bons ângulos inclinados por toda ela, graças a ela a carapaça tinha alta probabilidades de fazer ricochete a quando atingida. O novo tanque recebe suspensão regulada hidraulicamente, um mecanismo de controlo em linha, um motor diesel com 750 cv, um canhão de 105 mm inglês L7 com carregamento semi-automático, e um sistema de controlo remoto para a metralhadora antiaérea. Por acaso, o Japão já tinha produzido independentemente a culatra e os mecanismos anti-recuo para o canhão L7, comprando do estrangeiro apenas os canos, as partes mais complexas de se produzir. O sistema para fornecer e extrair os cartuchos tornou o trabalho do municiador bem mais fácil, mas era muito dispendioso para o produzir. Isto significa que o novo protótipo STB-3 não inclui este sistema. O STB-3 também dispensava o sistema de controlo remoto para a sua arma M2HB antiaérea de alto calibre, que provou ser muito lento e pouco prático a quando o apontar para alvos aéreos rápidos.


stb_1_1920x1080_logo_com_2163579ae81154c

Download Wallpaper: 1280x1024 | 1920x1080 | 2560x1440


Em Setembro de 1970, o STB-1 completa com sucesso todos os seus testes e em Outubro do mesmo ano, já estava a participar na parada das forças armadas do Japão pelas Forças de Auto-Defesa. No total, dois protótipos idênticos, o STB-1 e o STB-2, que foi produzido em 1969. Estes permitiram que todas as principais inovações do Type 74 fossem testadas na prática, abrindo o caminho para a criação do próximo protótipo, o STB-3.

O tanque STB-1 viria a ser um dos tanques Japoneses mais avançados no update. À parte da sua invulgar suspensão regulada hidraulicamente, o STB-1 também possui uma variedade de virtudes não menos importantes, incluindo uma excelente mobilidade, um alto ritmo de fogo, e o canhão inglês L7  com excelentes propriedades perfurantes. No que toca à suspensão hidráulica, esta inovação permite o STB-1 se adaptar perfeitamente com a paisagem dos vários mapas no jogo. Onde necessariamente, consegue subir o chassi para disparar sobre a colina, ou se esconder baixando a si mesmo até perto do chão. A suspensão hidraulica também providencia a este tanque uma excelente pontaria verticalmente com depressões entre os -12 e os +15 graus, com se move não apenas baixando e subindo a arma, mas também angulando integralmente o chassi do veículo. A arma do STB-1 é excelente - o canhão inglês de 105 mm, bem conhecido de muitos tanqueiros do Leopard 1, M60 e do Centurion Mk. 10. Além disso, o tanque é equipado com um sistema de recarregamento semi-automático, que reduz consideravelmente o tempo de recarregamento, um dos aspetos mais importantes em qualquer tanque no jogo. A velocidade do veículo por si próprio também não fraqueja. Graças ao seu motor de 750 cavalos, o STB-1 têm 19.7 cv por tonelada de peso, que é um dos melhores resultados ao pé dos veículos da sua classe! A velocidade máxima do STB-1 na estrada é de 53 km/h, que também é bastante respeitável. Para o seu nível, o tanque tem armadura de uma espessura mediana, com secções mais grossas na projeção frontal. A espessura da armadura frontal na parte superior do chassi é de 100 mm com um bom ângulo de inclinação, enquanto que a parte frontal inferior é de 75 mm de espessura disposta em ângulo. Toda a projeção frontal da torre tem 100 mm de armadura e possui excelentes ângulos inclinados, muitas balas não-HEAT têm altas chances de simplesmente fazer ricochete na torre do STB-1.


stb1_01_450_943ce2b1a82ad17876582b2e276e stb1_08_450_8283de98d17096b19a56bc1cb431

O STB-1 não foi criado para levar confiantemente com um tiro dos principais canhões dos seus principais inimigos - a sua vantagem é noutra coisa. Manobras táticas flanqueadoras e o uso inteligente do terreno - é aqui que o japonês STB-1 estará no seu elemento!

O STB-1 é um veículo terrestre japonês de nível cinco e será um excelente oponente para os diversos tanques de topo da árvores tecnológicas das outras nações.

Share this post


Link to post
Share on other sites
  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.

×
×
  • Create New...